9° CAMPEONATO MUNDIAL DE CAPOEIRA

Capoeira Pedagógica
Por , em

PROFESSORES DO GRUPO MUZENZA REPRESENTARÃO FOZ DO IGUAÇU NO 9° CAMPEONATO MUNDIAL DE CAPOEIRA

A Capoeira, esporte genuinamente brasileiro, ganha destaque no mês de Agosto na cidade de Fortaleza/CE, que sediará na próxima semana, entre os dias 24 e 27, o 9° CAMPEONATO MUNDIAL DE CAPOEIRA, organizado pelo Grupo Muzenza de Capoeira, com a cancela da Superliga Mundial de Capoeira e Federação Internacional de Capoeira. O evento, um dos maiores e mais organizados do mundo, reunirá centenas de atletas oriundos de 20 estados brasileiros e de 25 países que, ao longo do evento participarão de cursos, palestras, mesas redondas, e do campeonato mundial. Na oportunidade, 2 representantes da nossa cidade se farão presente: Prof. Fábio Castilha, e Mestre Ary Berlim de Souza.

Prof. Fábio Castilha

O prof. Fábio é um grande expoente da Capoeira em nossa cidade e participou de todas as edições do campeonato mundial, a princípio como atleta, posteriormente como técnico, e atualmente como palestrante e árbitro. “Já conseguimos resultados expressivos com os atletas de Foz do Iguaçu em edições anteriores. Este ano, por conta da crise, falta de apoio e conseqüente dificuldades financeiras, não conseguimos levar nossos atletas para a competição tal qual nas edições anteriores, mas mesmo assim nos faremos presente e mais uma vez representaremos nossa amada cidade…”, comenta o prof. Fábio. Além de compor a equipe de arbitragem do campeonato, o professor proferirá a palestra Organização e Gestão do Trabalho Capoeirístico, a convite da organização do evento.

Mestre Ary

Já o Mestre Ary é um dos precursores da capoeira em nossa cidade. Praticante assíduo da arte desde o início dos anos 80, já galgou grandes resultados e formou inúmeros profissionais e atletas e, neste ano, promete participar do campeonato competindo na categoria sênior, mostrando que ainda tem muita disposição. “É uma superação pessoal; sigo treinando diariamente por amor ao esporte, e por isso decidi participar do campeonato, competindo e confraternizando com amigos de longa data. Assim é a capoeira: uma filosofia de vida…” cita o Mestre Ary.

A Capoeira, apesar de ainda ser um esporte amador, é arte marcial reconhecida como patrimônio cultural brasileiro e patrimônio imaterial da humanidade pela UNESCO, e somente pode ser desenvolvida em sua plenitude à partir de uma constituição técnica filosófica, pautada nos valores da ética, respeito, amizade, igualdade, perseverança, cortesia e humildade, virtudes muito necessárias à formação das nossas crianças e jovens do mundo contemporâneo. Por isso a necessidade de preparar os alunos em diversas vertentes da Capoeira, dentre elas a vertente competitiva.

Para maiores informações sobre o evento, acesse www.mundialmuzenza.com.br.