TEATRO “A CAPOEIRA”

Teatro
Por , em 25 de abril de 2016

CARTAZ A4 REDUZIDO

Foz do Iguaçu viverá, à partir desta semana, a magia do teatro aliado à cultura popular brasileira; a ACAPE – Associação de Capoeira Pedagógica de Foz do Iguaçu e o Grupo Muzenza de Capoeira apresentam a peça teatral intitulada “A CAPOEIRA”. O espetáculo compõe o projeto “CAPOEIRA PARA CIDADANIA”, projeto este desenvolvido em parceria com as instituições Fundação Cultural de Foz do Iguaçu, Centro de Atenção Integral ao Adolescente – CAIA, e Grupo Muzenza de Capoeira, por meio do Fundo Municipal para Políticas Culturais, e tem como objetivo principal promover educação através de cultura para jovens e adultos.

O espetáculo contará a história e desenvolvimento da arte da Capoeira – arte esta reconhecida como patrimônio cultural imaterial da humanidade pela UNESCO – resumidamente em 4 atos, e foi produzido pelos próprios alunos, sob a coordenação do Prof. Fábio André Castilha; o elenco também é composto integralmente por alunos do projeto Capoeira Pedagógica desenvolvido em nossa cidade.

ROTEIRO:

Primeiro ato: Origem da Capoeira
Desde o século XVI o povo africano sofre discriminação no Brasil, principalmente durante o período da escravidão. Foi neste período que surgiu a Capoeira, uma arte marcial genuinamente brasileira, nascida da ânsia de liberdade deste povo escravizado.

Segundo ato: A Proibição da Capoeira
Por muito tempo marginalizada, é também criminalizada, sendo sua prática considerada crime pelo primeiro código penal brasileiro datado de 1890 – mais uma tentativa de se exterminar a capoeira. Apesar da repressão e marginalização, ela mantém-se firme, e é liberta da criminalização 30 anos mais tarde, pelo então presidente Getúlio Vargas.

Terceiro ato: O Berimbau e o Maculelê
Instrumento símbolo da Capoeira, o berimbau é considerado o grande “mestre” da roda de capoeira: é ele quem dita o ritmo do jogo, e quem comanda todo o ritmo; sua presença é marcante dentro da Capoeira.
Já o maculelê, que é uma manifestação cultural oriunda da região de Santo Amaro da Purificação, na Bahia, também tem suas raízes na escravidão, e como cultura popular brasileira, deve ser preservada.

Quarto ato: A Capoeira nos Dias Atuais
Passando por inúmeras tribulações, a Capoeira sobrevive e hoje mostra o seu real valor, estando presente dentro de escolas, clubes, academias, universidades; é símbolo da cultura popular brasileira, e uma grande divulgadora do Brasil no exterior.

As apresentações do espetáculo serão abertas ao público, e a entrada se dará mediante a doação de 2kg de alimento não perecível por pessoa, alimentos estes que serão destinados as famílias dos alunos carentes integrantes do projeto CAIA, da região do grande Porto Meira.

Contamos com a presença de todos para prestigiar um espetáculo da cultura brasileira!

ESPETÁCULOS

Data: 29 de Abril de 2016 – 20:00h
Local: CAIA – Av. Morenitas, Porto Meira

Data: 06 de Maio de 2016 – 20:00h
Local: Teatro Barracão – Praça da Bíblia – Jd. São Paulo

Maiores informações: Prof. Fábio – (45) 99812907

www.capoeirapedagogica.com.br

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Teatro A CAPOEIRA

Teatro
Por , em 31 de março de 2016

Teatro A CAPOEIRA
Estamos em pleno vapor com os treinamentos e ensaios para as apresentações do espetáculo A CAPOEIRA, que acontecerá nos dias 29 de Abril de 2016, no espaço cultural do Centro de Atenção Integral ao Adolescente – CAIA, localizado no Bairro Porto Meira, e 06 de Maio de 2016, no Teatro Barracão de Foz do Iguaçu, bairro Jardim São Paulo; ambas apresentações acontecerão às 20h.

O espetáculo compõe o projeto “CAPOEIRA PARA CIDADANIA”, projeto este desenvolvido em parceria com as instituições Fundação Cultural de Foz do Iguaçu, Centro de Atenção Integral ao Adolescente – CAIA, e Grupo Muzenza de Capoeira, por meio do Fundo Municipal para Políticas Culturais, e tem como objetivo principal promover educação através de cultura para jovens e adultos. O espetáculo contará a história e desenvolvimento da arte da Capoeira – arte esta reconhecida como patrimônio cultural imaterial da humanidade pela UNESCO – resumidamente em 4 atos, e foi produzido pelos próprios alunos, sob a coordenação do Prof. Fábio André Castilha; o elenco também é composto integralmente por alunos do projeto Capoeira Pedagógica desenvolvido em nossa cidade.

As apresentações do espetáculo serão abertas ao público, e a entrada se dará mediante a doação de 2kg de alimento não perecível por pessoa, alimentos estes que serão destinados as famílias dos alunos carentes integrantes do projeto CAIA, da região do Porto Meira.

Contamos com a presença de todos para prestigiar um espetáculo da cultura brasileira!

Maiores informações: (45) 9981 2907

Envie seu Comentário  Leia os Comentários